Com decisão do STF, Lula pode ser solto em breve

Nesta sexta-feira (8), os advogados de Lula devem enviar pedido de soltura imediata à Justiça Federal do Paraná.

Brasil, Política

Foto: Leonardo Benassatto/Reuters

O Superior Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira (7) contra prisão em segunda instância. Com a decisão, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva poderá deixar a Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, onde está preso há 580 dias. Nesta sexta-feira (8), os advogados de Lula devem enviar pedido de soltura imediata à Justiça Federal do Paraná.

Com 6 votos a 5, os ministros do STF determinaram que os réus do Brasil podem ser presos somente após o fim do processo ou com o esgotamento de todos os recursos. Lula é um dos principais beneficiados. A decisão, no entanto, não tem prazo previsto por lei para ser proferida.

Os advogados do ex-presidente, reafirmam que Lula é inocente, que o julgamento foi feito de forma parcial e pedem a absolvição de Lula e a tendência é que agora eles concentrem esforços para conseguir uma absolvição junto ao Supremo Tribunal Federal. 

Lula pelo Brasil e Mundo: Planejamento de campanha após soltura

Caso confirmada a soltura, o ex-presidente Lula pretende viajar pelo país para reforçar oposição ao Governo Bolsonaro. Segundo informações obtidas pelo O Globo, Lula não fará inflexão ao centro nem empunhará a bandeira de deslegitimar o governo do presidente Jair Bolsonaro , como em eventual campanha por impeachment.

É de planejamento do ex-presidente realizar um giro internacional para se encontrar com personalidades que se manifestaram contra a sua prisão. Porém, o primeiro ato deve ser feito em Frente à Polícia Federal, em Curitiba. Lula quer prestar homenagem aos simpatizantes que ficaram em vigília no local durante um ano e sete meses.

Foto: Ricardo Stuckert

Com retorno ao jogo político e com a pretensão de se incorporá ao movimento de oposição à Jair Bolsonaro, Lula afirmou a um dos coordenadores do MST, que fará um grande pronunciamento à nação.

A estratégia de reavivamento do Partido dos Trabalhadores (PT) se dará, segundo os dirigentes partidários, a partir do desgaste do governo Bolsonaro. Lula pode impulsionar o sentimento de instabilidade no Brasil, frisando em seus discursos as consequências para a população das medidas que vêm sendo adotadas, principalmente na área econômica.

Share this Story
Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Joedson Kelvin
Carregar Mais Em Brasil

Veja Também

Chuvas no Cariri amenizam calor neste início de semana

Os últimos meses foram marcados por muito calor na região, com as precipitações, apesar do pouco volume registrado, o clima ficou mais ameno.