Empresas aéreas vão aumentar preços de passagens devido processos judiciais

Passagens devem ficar R$4 mais caras em 2020. Eduardo Sanovicz aponta o excesso de processos judiciais como estopim para o aumento das passagens.

Notícias

Foto ilustração: Antonio Rodrigues

O ano de 2020 terá inicio com passagens aéreas ficando R$ 4 mais caras do que neste ano, a previsão dada é da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear). De acordo com o presidente da organização, Eduardo Sanovicz fala que um dos motivos para esta elevação é o alto custo com as causas judiciais contra as companhias.

O motivo disso estaria atrelado a alguns sites estarem entrando com ações contra as companhias aéreas. Segundo Sanovicz “isso está gerando para o ano que vem R$300 milhões de impacto em custo por conta de processos”. Os passageiros podem ter no custo a mais devido atuação de empresas que estão se aproveitando de uma situação jurídica meio nebulosa que tem o Brasil. Assim, ele relata “você vai pagar no ano que vem R$ 4 a mais porque alguns sites estão inflacionando o custo judicial das empresas aéreas”, afirma Sanovicz.

O presidente apresenta um exemplo de zona nebulosa no país ao dizer “No Brasil, por exemplo, existe uma zona cinzenta por conta da regulação judicial que a gente chama de site abutre de inflação judicial. Ao contrário dos aplicativos que diminuem o custo para o consumidor, esses sites abutres estão aumentando. São entre 30 e 35 empresas, algumas do exterior, que fazem anúncios de venda de causas das companhias” diz o presidente.

O segmento teve um crescimento de 70% na quantidade de processos judiciais só no primeiro semestre de 2019 e em todo o ano de 2018. Dados do Instituto Brasileiro de Direito Aeronáutico (Ibaer), ao todo, foram 64 mil ações contra empresas aéreas no ano passado, neste ano o número somou 109 mil nos primeiros seis meses deste ano. Um dos motivos apontados é o surgimento de diversas startups que ajudam os passageiros a processar companhias por problemas na viagem.

Share this Story
Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Iara Meneses
Carregar Mais Em Notícias

Veja Também

Ceará: Inep recusou 559 pedidos de reaplicação do Enem

A reaplicação da prova vai acontece em outras localidades na terça-feira (10) e quarta-feira (11).