Fumaça das queimadas na África atravessa Oceano Atlântico e muda cor do céu de Fortaleza; veja fotos

Imagens registradas na última semana mostram mudanças na cor do céu de Fortaleza – CE. Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), parte da fumaça é proveniente das queimadas na África e está conseguindo atravessar o Oceano Atlântico e chegar ao litoral Cearense. De acordo com o meteorologista da Funceme, Raul Fritz, …

Notícias

Imagens registradas na última semana mostram mudanças na cor do céu de Fortaleza – CE. Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), parte da fumaça é proveniente das queimadas na África e está conseguindo atravessar o Oceano Atlântico e chegar ao litoral Cearense.

De acordo com o meteorologista da Funceme, Raul Fritz, “foi possível comprovar que aerossóis resultantes da queima de biomassa na África estavam, em determinados momentos, conseguindo chegar no Ceará, principalmente no norte do estado”, explica.

A África também arde

Enquanto todos os olhares voltaram-se para os incêndios na Amazônia, algumas imagens divulgadas nos últimos dias pela NASA, revelaram que na África Central havia mais incêndios do que no Brasil. Somente em Angola e no sul da República Democrática do Congo (RDC) havia mais de 10.000 fogos ativos, contra os 2.127 do país sul-americano.

Soldados do exército queniano lutam contra um incêndio em março. ANDREW RENNEISEN (GETTY)

Os incêndios na África são consequências de técnicas agrícolas ancestrais usadas pelo homem em atividades agrícolas e pastorais, são controlados e não afetam grandes massas florestais e sim pastos e terras de cultivo. Por esses motivos, as queimadas que acontecem na África e na Amazônia não são fatos comparáveis, pois são causas diferentes.

Share this Story
Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Joedson Kelvin
Carregar Mais Em Notícias

Veja Também

Com decisão do STF, Lula pode ser solto em breve

Nesta sexta-feira (8), os advogados de Lula devem enviar pedido de soltura imediata à Justiça Federal do Paraná.