Onda de ataques criminosos chegam à região do Cariri

Os vários ataques criminosos chegaram a região do Cariri na madrugada desta quarta-feira (25).

Policial

Os vários ataques criminosos que começaram na capital do Ceará, Fortaleza, na última sexta-feira (20), chegaram a região do Cariri na madrugada desta quarta-feira (25). Já foram registrados 48 ataques – 38 exitosos e 10 frustrados – pela Secretária de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) até ontem.

Os ataques ocorridos só ficam atrás do que paralisou o Estado no começo deste ano, onde mais de 230 ações foram registradas.

Em um levantamento feito pelo O POVO, destaca esta série como a 16ª onda de ataques de grupos criminosos que o Estado do Ceará enfrenta desde do mês de fevereiro de 2014.

Sendo uma média de duas ondas de ataques de grupos criminosos que foram acometidos por facções durante o ano. Totalizando, neste período, uma média de 440 ações

Ataques

Em Juazeiro do Norte, um homem ateou fogo em um caminhão que estava estacionado na Rua Marieta Franca, próximo a linha férrea. Em Várzea Alegre, ônibus da Cooper Várzea-Cooperativa de transporte também foi incendiado. O veículo estava estacionado próximo ao terminal rodoviário Dr. José Iran Costa.

Na cidade de Caririaçu, a polícia apreendeu cinco garrafas de coquetéis molotov que estavam abandonadas dentro de uma sacola e conteve um princípio de incêndio na agência dos Correios. Um posto de saúde na saída da cidade, sentido Sítio Miragem, e o CRAS também foram alvo de criminosos com coquetéis molotov.

Um caminhão particular que faz serviço de frete também foi totalmente queimado em Tauá. Um ônibus que transportava funcionários de uma empresa teve perda total na CE-065, em Maranguape

Em Jucás, a Polícia conseguiu deter 10 pessoas que teriam incendiado veículos e se preparavam para novos ataques. Um transporte escolar estacionado no pátio da Prefeitura de Choró, no Sertão Central, também foi destruída pelo fogo.

Intensificação de operações

O governador, Camilo Santana (PT), determinou a intensificação de operações e reforço do policiamento nas ruas. Para aumentar o policiamento nas ruas, o chefe do executivo estadual autorizou a suspensão das férias dos policiais e que todos os agentes de segurança que estão prestando serviços administrativos sejam deslocados para o serviço de patrulhamento a fim de garantir a tranquilidade da população.

Ainda como medida administrativa, Camilo Santana autorizou o aumento de horas extras para todos os policiais.

Com decisão preventiva e tática para manutenção do funcionamento do sistema prisional, a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) decidiu transferir 257 presos das unidades da Pacatuba, Quixadá e CTOC. “As lideranças serão transferidas para presídios federais. As vagas já foram autorizadas pelo departamento penitenciário nacional”, comunicou Camilo Santana.

O governador ainda comentou que conversou com o ministro da Justiça, Sérgio Moro, para avaliar a possibilidade e a necessidade de reforço de tropas federais no Ceará.

Share this Story
Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Iara Meneses
Carregar Mais Em Policial

Veja Também

Médicos da UPA pedem demissão por falta de pagamento

A cidade já teve o fechamento de 31 postos de saúde e do hospital público, restando a UPA para atender uma população com cerca de 300 mil habitantes.