Brasil
Elas também correm o risco de serem condenadas à perda definitiva da guarda dos filhos, caso não tenham com quem deixá-los.